quinta-feira, 30 de abril de 2009

Olhe para o lado

Letra: SP. 07/01/01


Ainda me lembro das antigas
Lembro das cantigas
Que encantavam os meus avós
Ainda me lembro das cantigas
Lembro das histórias
Que contavam os meus avós


E hoje vejo 
Que não tenho nada
Eles dizem ai! eu vivia
Hoje somos só poeira vazia
E você diz que já não tem amor
E você diz que lhe falta calor

Então olhe para o lado
Olhe para o lado...
Sempre tem alguém ao lado
A espera de um sorriso seu
A espera de um afago.


Ainda me lembro das antigas
Lembro das cantigas
Que encantavam os meus avós
Ainda me lembro das cantigas
Lembro das histórias
Que contavam os meus avós.

E hoje vejo 
Que não tenho nada
Eles dizem ai! eu vivia
E vejo esse diamante bruto
Escorrendo pelas patas do cão
E vejo essa jóia rara
Escoando pelo chão

E você diz que já não tem amor
E você diz que lhe falta calor.


Então olhe para o lado
Olhe para o lado...
Sempre tem alguém ao lado
A espera de um sorriso seu
A espera de um afago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deem sua opinião, grato!