segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

prorrogadas inscrições da mostra são paulo exposamba.




As inscrições para a primeira edição da São Paulo Exposamba foram prorrogadas até o dia 6 janeiro. Agora, todos os compositores do país têm até 6 de janeiro para concorrer a prêmios que totalizam R$ 240 mil. A ampliação do prazo procura atender a pedidos de compositores de todas regiões do país, que, devido às festividades de fim de ano, não têm conseguido gravar vídeos com suas músicas.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Samba selecionado.

Olá Walter,

Parabéns! O seu samba foi um dos 1.000 primeiros que recebemos na competição  São Paulo Exposamba e você foi pré-selecionado para se apresentar na próxima etapa da competição.

Em breve, publicaremos as informações sobre dia e local da sua apresentação no sitehttp://g1.globo.com/mostra-sao-paulo-exposamba/ . Fique ligado!


segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Escolhas

Letra: SP. 09/04/07




Vamos estudar para melhorar
Nossa situação de cidadão
Vamos fugir desse Pequeri
Sonhar não faz mal
O que faz mal é só sonhar.

Vamos seguir a canção 
De pés no chão
Um passo de cada vez...
A pressa não contribui!
Deixa a obra acabar...
Quando o palco ascender
Ai podemos brilhar.

O nosso amanhã
Vai depender do passado
E o nosso futuro
São as escolhas de hoje,
Reflita melhor a sua opção
Para não enfrentar provações
Desnecessárias no seu caminhar.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Lacuna inpreenchivel

Pensamento: SP. 13/02/11




Quando minha namorada...
Ou melhor minha noiva...
Quem sabe até minha esposa.
Ficou gravida do meu quarto filho;
Que pode ser o mesmo...
Que não veio com a Heliane
Que não veio com a Kelli
Nem anteriormente com a roberta
Minha mãe me disse:
- Você terá que ser
O pai que você nunca teve!
Nunca tive mesmo!
Nem em documentos.
Meu filho não terá essa lacuna impreenchivel .
Jesus viveu na terra 33 anos longe do pai,
Mas ele é Jesus que suportou a cruz...
E venceu o mundo.
Também estou a 33 anos longe do meu!
E ainda estou aqui.
Meu filho não sera
Uma criança sem referencias...
Seja na vida, ou no documento
Que por sinal até hoje 13//12/11
Ás 3:26 ainda esta vazio.
Referencias... se para o bem seguir
Se para o mau ignorar,
Esse é o maior tesouro de um filho
Ter um farol a frente para se guiar.
Esse é o maior tesouro...
Ter parâmetros na vida.
Se eu for a metade do pai
Que minha mãe foi pra mim
Meu filho será um privilegiado.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Enigma da cerveja




Quero que você veja
O enigma da cerveja
É ruim, gelada,
Fermentada na cevada,
Gaseificada e amarga
Mas tem gente que não larga

A cerveja as vezes causa briga
Nem assim agente liga

Ela tira o reflexo
Deixa os passos desconexos
Nos tira a razão e o nexo
As vezes prejudica o sexo

O álcool arrebenta o figado
Da ressaca  e cirrose
Porque você bebe?
Porque eu bebo?
Sera que é vicio?
Não entendo o suplicio
Só sei que é ruim
Mas é bom...


quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Flerte ao meu amado

Pensamento: SP. 06/12/11




Já faz muito tempo que não o vejo,
Há um ano que não o encontro,Não o toco.
Sinto sua falta a abstinencia dele é profunda.
Nossa intimidade é antiga e completa,
Adoro o seu gosto salgado;
E sua pele macia de grãos esfoliados.
Me fascinam o seu perfume,
É suave como uma brisa fresca.
Quando penetro na sua imensidão molhada
É um estase inesplicável...
Sou completamente apaixonado por ele.
Eu o respeito e ele me respeita,
Quando se ultrapassa o limites
O fim é certo.
Ele é promiscuo, quem quiser ama lo,
Toca lo, penetra lo, ele não se nega.
Se eu pudesse te lo só pra mim!
Mas isso é o maior egoismo do mundo.
Deus abençoou a nossa paixão,
Não tenho vergonha de dizer que o amo:
Ao lado dele, junto dele, sou feliz.
Se algum dia me pedisse em casamento
Não pensaria duas vezes,
Correria para os seus braços.
Acho que vou ama lo eternamente...
Eu falo de alguem magnifico...
Me refiro ao mar...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O bichinho da goiaba " DIA INTERNACIONAL DA LUTA CONTRA A AIDS".

Reflexão: SP. 01/12/11




Hoje é o dia mundial da luta contra a Aids
Onde podemos refletir a respeito,
A Aids é uma doença como qualquer outra,
Só tem uma diferença "NÃO TEM CURA!".
Não existe outro jeito gente:
Tem que usar a camisinha! até porque...
Não tem só a Aids existem muitas outras doenças
sexualmente transmissiveis, alem da gravides indesejada.
Já tivemos muitos avanços na luta contra a Aids,
Hoje o soro positivo pode viver normalmente
com o chamado coquetel
Mas os efeitos colaterais não são os melhores
E os olhares alheios não são de amor.
Mas nem tudo esta perdido, pelo menos nessa areá...
O Brasil esta no caminho certo, é um exemplo de luta
e distribuição gratuita de remédios para quem precisa.
Por outro lado é uma pena saber através de noticiários,
Que o aumento da doença nos últimos anos
se concentra nos adolescentes.
Gente a Aids não tem rosto, não tem cor,
poder aquisitivo e nem endereço...
Mas de uma coisa você pode ter certeza:
"ELA MATA!". Pensem nisso antes
de virarem os olhinhos, porque se não...
Só lagrimas rolaram desses olhos.

Arma mortal

Pensamento: SP. 26/01/07


Vamos por em pratica
O dom que Deus nos deu
A maior arma do ser humano
É a pena e o papel
Ferimos tribos, impérios
Países, continentes
E até planetas em outras galaxias
Quando o homem descobrir 
Que a palavra é a arma
Mais mortal!
Ninguém mais fica calado.

Mulher

Poesia: SP. 08/03/07



Todas elas são efémeras
E todas são eternas
Todas são livres
E ao mesmo prisioneiras
São delicadas como uma flor
E autoritárias como um general
Todas elas são cúmplices
E todas são culpadas
Todas amaram, amam ou amarão 
Todas tem o dom
De gerar a vida
Mas são suissidas de si mesmas
Todas tem um destino
E o mesmo fim...
Elas são parte integrante do universo
E o universo sem elas padece
Eu falo da mulher
Que é a razão de tudo
E de todos.

Ego

Pensamento: SP. 02/02/07



Cheguei a conclusão do porque
Sou sempre almejado e desejado
Porque não sou o homem ideal
Nem sou o homem perfeito
Sou um homem real
Sempre deixo uma vontade

Um gostinho de quero mais
Não por querer!
Mas porque sou limitado
Se eu a saciasse 
Chegaria o nosso fim
Pois não haveria mais porque.

Juntos

Poema: SP. 28/05/07


Do improvável
Surgiu o inevitável
Do inimaginavel
Se fez possível
Do inaceitável
Formou se sólido
Do maliavel
Se tornou fixo
Pois você
Não é irreal
E eu surreal
Somos verdade
Estamos juntos hoje
Estaremos juntos
Mesmo depois 
Do apagar das luzes.

Shekespeare




Shakespeare...
Sonetava muito bem
Alfinetava muito bem
E corneteava também
Soneteio também 

Alfineteio também
E corneteio muito bem
Mas não sou Shakespeare!
Sou a lira!
Graças a Deus!

Vitrine

Poema: SP. 16/05/07



Superficial é você!
Incapacitado de ver
O intimo belo
Através do figurado singelo

Achou o que não era
E o que sou a ti revela
Os seus valores distorcidos 

Sou o que te agrada
Mas não tenho o essencial
Tenho o que é feio
Aos teus olhos claros

Mas o seu maravilhoso
Não me pertence
Sou autenticidade assumida
Peculiaridade ferida

Ou me amam ou me odeiam
Não sorrio pra agradar
Nem choro sem vontade

Sou teu enquanto vitrine
For o seu externo
E ausente quando
Suas pálpebras se fecharem.